1
Produtos

Início ›› Alimentação para dentes e gengiva saudáveis
Início ›› Alimentação para dentes e gengiva saudáveis

Alimentação para dentes e gengiva saudáveis


Leitura de 8 minutos

 

Você sabe que os alimentos e a bebida que consome têm um papel fundamental na sua capacidade de manter dentes e gengiva saudáveis?

 

A vida pode ficar muito atarefada. É fácil se perder no dia a dia tribulado, e mais fácil ainda tomar decisões equivocadas sobre o que comer quando se está estressado ou concentrado demais. Isso pode ter um impacto negativo na saúde de seus dentes e gengiva.

 

Você já sabe que suas escolhas alimentares afetam sua saúde geral. Todo mundo sabe. Mas pouca gente compreende as maneiras com que esses alimentos afetam sua saúde oral, e isso é fundamental para cuidar bem da sua boca.

Alimentos que ajudam a fortalecer seus dentes e gengiva

Alimentos que ajudam a fortalecer seus dentes e gengiva

 

Seus dentes estão sempre com você. Por isso, é fácil imaginar que sempre será assim. Exercitar e fortalecer os dentes é tão importante quanto o resto do corpo. Eis alguns alimentos que você pode comer (e desfrutar) para garantir que seus dentes fiquem em forma. 

 

  • Alimentos com muita vitamina C. Morango, cenoura e outros alimentos com alta concentração de vitamina C não apenas fortalecem seu sistema imunológico, como mantêm seus dentes e sua gengiva saudáveis.

 

  • Queijo e iogurte. As bactérias em queijos e iogurtes são ótimas para seus dentes. Elas reduzem os ácidos na sua boca e ajudam a remover as bactérias ruins. Acredita-se que essas culturas promovam o bom fluxo sanguíneo na sua gengiva e até que reforcem o esmalte dos dentes.

 

  • Hortaliças. Couve, espinafre e acelga são repletas de vitaminas A e B, que se acredita promover o bom fluxo sanguíneo para seus dentes, ajudando a fortalecer o esmalte e a prevenir cáries.

 

  • Leite e proteínas magras. Alimentos lácteos e proteínas magras (como frango e peixe) são repletos de cálcio e fósforo. Ambos são necessários para proteger e manter ossos saudáveis, inclusive os dentes.
Alimentos a ser evitados

Alimentos a ser evitados

 

Quando você pensa na relação entre dieta e saúde oral, existe uma regra simples: se engorda, provavelmente faz mal para a gengiva. Eis alguns alimentos que podem ter um ótimo sabor, mas que definitivamente não colaboram para a saúde de seus dentes e gengiva:

 

  • Alimentos com açúcar. Seu corpo pode desejar balas, bolos e docinhos, mas o alto conteúdo de açúcar desses alimentos é exatamente o que as bactérias que formam a placa bacteriana na sua boca precisam para crescer e se reproduzir. Ao reduzir o consumo desses alimentos, você estará tirando a comida desses bichinhos causadores de cáries.

 

  • Alimentos com amidos. Petiscos e batatas fritas podem ser um ótimo alimento para a alma em um dia estressante, mas eles também são um excelente combustível para placa bacteriana e gengivite. 

 

  • Alimentos ácidos. Suco de laranja, café e vinho tinto são deliciosos, mas contêm um alto teor de ácidos que amolecem o esmalte, mancham e enfraquecem os dentes. Consumir essas bebidas em moderação diminui bastante o risco de sofrer com dentes sensíveis e doloridos.

 

  • Gelo. Talvez você não esperasse por isso, mas mastigar gelo é uma ótima maneira de causar estragos ao esmalte dos dentes. A crocância do gelo é suficiente para desgastar até os dentes mais fortes.

 

*Nota: para fins de esclarecimento, é importante notar que você não deve cortar completamente seus alimentos favoritos da dieta. Privar-se deles não seria sensato (nem realista).

 

O importante é saber que os alimentos listados aqui trazem riscos à saúde de seus dentes e gengiva. Contudo, beber muita água, escovar os dentes e passar fio dental após ceder aos desejos, ajudará muito a proteger seus dentes e sua gengiva.

Alimentos que ajudam a eliminar a placa bacteriana

Alimentos que ajudam a eliminar a placa bacteriana

 

Claro, manter uma rotina diária de escovação e aplicação de fio dental é a chave para uma boa saúde oral, mas sua dieta também. Como foi discutido, consumir menos alimentos ricos em açúcar e amido vai limitar o crescimento de bactérias causadoras de mais placa bacteriana, mas há alimentos e produtos comuns que podem ajudar na remoção da placa existente.

 

  • Frutas e verduras crocantes. Comer maçã, cenoura, salsão e outras frutas e verduras cruas pode ajudar na retirada da placa bacteriana que se acumula nos dentes da frente e nos molares, conforme você mastiga. 

 

  • Queijo, iogurte e outras culturas de bactérias. Acredite se quiser, mas as bactérias no queijo e no iogurte podem ajudar a neutralizar o ácido formador da placa bacteriana na sua boca. *Nota: para veganos ou intolerantes à lactose, mostrou-se que o tofu pode ter propriedades semelhantes. 

 

  • Água. Pode ser muito óbvio, mas nada ajuda mais a se livrar dos ácidos e das bactérias causadoras de placa bacteriana do que um refrescante copo d'água. Desfrute de quantos goles quiser.

 

Ao ingerir esses tipos de alimentos de modo consistente, você terá o bônus de fortalecer seu sistema imunológico. Uma vez que os benefícios apareçam, você logo se tornará um daqueles chatos que esbanjam excelente higiene oral.

Alimentos que ajudam a evitar mau hálito

Alimentos que ajudam a evitar mau hálito

 

Qual é a primeira coisa que lhe vem à mente quando você sente seu próprio mau hálito

 

Timidez é uma resposta natural, mas você não está sozinho. Na verdade, a indústria cosmética do hálito arrecada em média dois bilhões de dólares todos os anos para oferecer alívios temporários de hortelã. Contudo, se chiclete e balas de menta não vão satisfazer suas preocupações, há soluções mais duradouras. Eis alguns alimentos que podem ajudá-lo a eliminar o mau hálito na fonte:

 

  • Gengibre. Mastigar gengibre cru não apenas ajuda a limpar e refrescar sua boca, mas as enzimas também podem auxiliar na redução das bactérias e ácidos estomacais que causam mau hálito crônico. 

 

  • Salsa e coentro. São remédios clássicos da gastronomia para o mau hálito. Basta mastigar um ramo ou dois, e seu mau hálito será logo substituído por um perfume herbal. 
Escovação e fio dental para melhores resultados

Só a alimentação não é o suficiente: escovação e fio dental para melhores resultados

 

Há diversas opiniões quanto ao melhor horário para se escovar os dentes. Tradicionalmente, dentistas instruem os pacientes a adotar o modelo "manhã e noite". Mais recentemente, contudo, alguns dentistas começaram a recomendar que você escove os dentes 45 minutos após cada refeição para garantir que você remova ativamente os açúcares e os ácidos que grudam nos dentes durante a refeição (e que causam o acúmulo de placa bacteriana).

 

Nota: ingerir certos alimentos tem o potencial de enfraquecer o esmalte dos dentes. Certifique-se de aguardar pelo menos 45 minutos para escovar os dentes após as refeições. Assim, o esmalte terá tempo suficiente para recuperar a dureza.  

 

Seja qual for a opção escolhida, é importante escovar os dentes duas vezes por dia, durante ao menos dois minutos por sessão, e passar fio dental (ou limpador interdental) no mínimo uma vez por dia. Essa combinação de cuidado oral diário vai garantir a redução da placa bacteriana e da descoloração. Utilizar uma escova de dentes elétrica Philips Sonicare é uma ótima maneira de garantir que suas sessões de escovação renderão ao máximo.

Conheça todas as linhas de escovas de dentes elétricas

Escovas de dentes elétricas para dentes mais saudáveis

Artigos recomendados

  • O que é gengivite e como tratá-la?

    O que é gengivite e como tratá-la?

  • Técnica correta de escovação: corrigindo hábitos errados de escovação

    Técnica correta de escovação: corrigindo hábitos errados de escovação

  • Sorriso saudável, coração saudável: a possível ligação entre gengivite e doenças coronárias

    Sorriso saudável, coração saudável: a possível ligação entre gengivite e doenças coronárias