1
Produtos

Início ›› Guia rápido de tratamento da gengivite
Início ›› Guia rápido de tratamento da gengivite

O que é gengivite e como tratá-la


Leitura de 4 minutos

 

Se parece que suas gengivas não estão na condição ideal, você não está sozinho. Muitas pessoas têm gengivite, mas a boa notícia é que apenas alguns passos são necessários para o tratamento.

 

Descubra se você tem gengivite e qual a melhor maneira de restaurar a saúde perfeita de sua gengiva.

O que é gengivite?

 

A gengivite é causada por um acúmulo de bactérias (também conhecida como placa bacteriana) nos dentes ou no espaço entre eles. Se você não está escovando de forma suficientemente completa ou com frequência, as bactérias se acumulam e atacam o tecido da gengiva, causando sangramento e inflamação.*

Gengivite

 

A gengivite faz parte de patologias na gengiva. Na verdade, trata-se do primeiro estágio de uma doença na gengiva que, sem tratamento, pode levar ao estágio mais sério conhecido como periodontite.

Como descubro se tenho gengivite?

 

A gengivite tem sinais evidentes que podem ser observados durante sua rotina de higiene oral. Enquanto gengivas saudáveis têm uma coloração rosa claro, a gengivite provoca uma coloração mais escura e pode causar inflamação e dor durante a escovação e o uso do fio dental.

 

Soa familiar? Se você notou que suas gengivas sangram ou estão mais escuras, é importante agir rápido para prevenir danos maiores e a evolução para periodontite. 

 

Não tem certeza se deveria se preocupar? Seu dentista pode oferecer aconselhamento caso você tenha dúvidas a respeito da saúde de sua gengiva.

Mulher sorrindo

O que devo fazer se achar que tenho gengivite?

 

Como mencionamos, a gengivite é tratável. Então, se estiver sentindo desconforto e sangramento na gengiva durante a escovação e o uso do fio dental, há diversos passos para devolver a saúde à sua gengiva. Eis como se livrar da gengivite.

Passo 1: Escove duas vezes por dia, todos os dias

 

Escovar os dentes é como apertar o botão de reinício na placa bacteriana que se acumula a partir da última escovação. Entre as sessões, as bactérias naturalmente se acumulam, por isso escovar os dentes com frequência é tão importante. Idealmente, você deve escovar duas vezes por dia, por dois minutos a cada vez, para manter sob controle as bactérias que causam gengivite.

Passo 2: Escolha uma escova de dentes macia

 

Se você sente dor por causa da gengivite, tente utilizar uma escova de dentes especialmente projetada para gengivas sensíveis. Uma escova macia é projetada para massagear sua gengiva, tratando das áreas mais sensíveis sem descuidar da limpeza eficiente.

 

Para uma limpeza mais completa, considere utilizar uma escova de dentes elétrica. Ela é mais eficiente para remover bactérias do que uma escova manual.

Do que você precisa

HX6877_21

Passo 3: Limpe o espaço entre os dentes

 

Há algumas coisas na vida que você deve fazer todos os dias, mas só consegue fazer de vez em quando. A limpeza do espaço interdental é uma delas. Se você se identifica com isso e está preocupado com gengivite, é hora de incrementar seu jogo. A placa bacteriana não apenas se acumula nos dentes, mas também no espaço entre eles. Então, para combatê-la, você precisa adquirir o hábito de limpar todos os dias o espaço entre os dentes.

 

A hora ideal de limpar o espaço entre os dentes é imediatamente antes da escovação à noite. Isso significa que o flúor no seu creme dental pode remover os resíduos que se deslocaram ao passar o fio dental. Adeus, gengivite!

Passo 4: Marque uma consulta de rotina

 

Se você achar que suas gengivas permanecem inflamadas e sensíveis, mesmo com o cuidado extra adicional, é uma boa ideia agendar uma consulta de rotina com seu dentista. Ele poderá lhe oferecer conselhos personalizados sobre como lidar com a gengivite e examinar mais de perto a saúde geral da sua boca.

 

Agora que você sabe o que é gengivite e como se livrar dela, garanta a regularidade na escovação e na limpeza do espaço entre os dentes para que sua gengiva permaneça saudável.

Artigos recomendados

Gum disease - NHS (2016)