1
Produtos

Respire melhor

 

Viva a vida ao máximo com soluções de tratamento e de gestão da DPOC concebidas para se adaptarem ao seu estilo de vida e o apoiarem em todas as fases

SimplyGo Mini

Um concentrador de oxigênio portátil (COP) leve que lhe dá liberdade para viver.
SimplyGo Mini

  Revendedores de cuidados
    domicilares autorizados
      pela Philips no Brasil

Tela LCD de fácil leitura tátil e utilização, com cinco definições de administração intermitente para poder estar sempre em atividade

 

Leve, fácil de transportar e preparado para viagens (cumpre os requisitos da FAA para utilização em aviões*)

 

Construção robusta que combina com um design elegante para lhe proporcionar confiança fora de casa

 

Bateria recarregável fácil de substituir que dura até 4,5 horas (até 9 horas com bateria prolongada)**

*RTCA/DO-160G secção 21, categoria M

**Os tempos de duração da bateria são baseados em baterias novas totalmente carregadas com um sistema SimplyGo Mini novo. Os tempos de duração da bateria degradam-se com a idade da bateria, as condições ambientais de funcionamento, a utilização ao longo do tempo e as condições de utilização do concentrador.

Tem dúvidas ou gostaria de falar com um representante?

Contacte-nos através do número 1-844-652-1053

Pedir uma brochura do SimplyGo Mini

Tem dúvidas ou gostaria de falar com um representante?

Contacte-nos através do número 1-844-652-1053

Pedir uma brochura do SimplyGo Mini
Vídeo do Philips SimplyGo Mini
Reproduzir vídeo

O SimplyGo Mini é uma inovação na terapia portátil e leve com oxigênio.

 

Desde um passeio no parque à um fim de semana fora com os amigos, o desempenho confiável e o aspeto elegante do SimplyGo Mini podem ser aquilo que você precisa para voltar a vida à sua maneira, com confiança.

Histórias Inspiradoras

 

Marina Kolya é uma mulher admirável que aos 7 anos descobriu sofrer de uma cardiopatia congênita, pois havia nascido sem a artéria que liga o coração aos pulmões. Ao longo dos anos, ela descobriu que, devido a sua cardiopatia, seu corpo desenvolveu hipertensão pulmonar, uma complicação frequente das pneumopatias crônicas, tais como a doença pulmonar obstrutiva crônica.

 

A vida de Marina foi preenchida por diversos impecilhos, para os quais ela os desafiou, nos deixando uma mensagem muito inspiradora: "Não deixe que uma doença te defina“.

 

Em vez de passar 24 horas no oxigênio dentro de casa, optou por fazer algo bem diferente disso. Ao juntar sua paixão por viagens e aventuras com os desafios de um futuro incerto, criou um canal no YouTube chamado "Não viaja, Marina!". O nome é uma homenagem a todos os "nãos" que ela recebeu na vida, e consiste em um canal que nos permite acompanhar Marina pelo mundo.

 

Marina viaja acompanhada de seu marido e dois amigos muito particulares: Arlindo e Arlindinho, seus dois concentradores de oxigênio portátil da Philips, SimplyGo e SimplyGo Mini.

Histórias Inspiradoras

 

Marina Kolya é uma admirável guerreira que aos 7 anos descobriu sofrer de uma cardiopatia congênita, pois havia nascido sem a artéria que liga o coração aos pulmões. Ao longo dos anos, ela descobriu que, devido a sua cardiopatia, seu corpo desenvolveu hipertensão pulmonar, uma complicação frequente das pneumopatias crônicas, tais como a doença pulmonar obstrutiva crônica.

 

A vida de Marina foi preenchida por diversos impecilhos, para os quais ela os desafiou, nos deixando uma mensagem muito inspiradora: "Não deixe que uma doença te defina“.

 

Em vez de passar 24 horas no oxigênio dentro de casa, optou por fazer algo bem diferente disso. Ao juntar sua paixão por viagens e aventuras com os desafios de um futuro incerto, criou um canal no YouTube chamado "Não viaja, Marina!". O nome é uma homenagem a todos os "nãos" que ela recebeu na vida, e consiste em um canal que nos permite acompanhar Marina pelo mundo.

 

Marina viaja acompanhada de seu marido e dois amigos muito particulares: Arlindo e Arlindinho, seus dois concentradores de oxigênio portátil da Philips, SimplyGo e SimplyGo Mini.

Viver e competir com DPOC

 

Russell Winwood é um triatleta e maratonista que vive com DPOC. Continua a ser capaz de competir em eventos de longa distância com a ajuda do Philips SimplyGo Mini.

Vídeo de Russell Winwood
Reproduzir vídeo

O oxigênio portátil faz a diferença

 

Mark Junge é um aventureiro das bicicletas e tem DPOC. Ouça a sua perspetiva sobre como o tratamento com oxigênio portátil pode ajudar outras pessoas com DPOC a permanecerem ativas e capacitadas.

Vídeo de Mark Junge
Reproduzir vídeo

Soluções para DPOC

produtos de oxigénio

Oxigênio

 

Concentradores de oxigênio portáteis SimplyGo, que lhe conferem a liberdade e mobilidade para viver a sua vida com confiança.

nebulizadores

Nebulizadores

 

Os nebulizadores para DPOC administram a sua medicação onde é mais precisa – nos pulmões. Como resultado, muitas medicações começam a funcionar muito mais rapidamente3.

Aviso: Os sistemas nebulização da Philips estarão disponíveis em breve no mercado brasileiro.

Gestão diária da DPOC

Gestão diária da DPOC

 

Dispositivos de limpeza das vias respiratórias, medidores de fluxo de pico, treino muscular e câmaras de retenção para o ajudar a gerir e prevenir os sintomas.

Opções de  terapia

Encontre as soluções certas para o ajudar a gerir a DPOC, qualquer que seja a fase em que se encontra


Receba notícias e atualizações para o ajudar a viver a vida com DPOC à sua maneira.

 

Receba notícias e atualizações para o ajudar a viver a vida com DPOC à sua maneira.

 

Receba notícias e atualizações para o ajudar a viver a vida com DPOC à sua maneira.

 

Receba notícias e atualizações para o ajudar a viver a vida com DPOC à sua maneira.

 

Gerir a DPOC

Informações para o ajudar a tirar o máximo partido da vida com DPOC


Receba notícias e atualizações para o ajudar a viver a vida com DPOC à sua maneira.

 

Receba notícias e atualizações para o ajudar a viver a vida com DPOC à sua maneira.

 

Receba notícias e atualizações para o ajudar a viver a vida com DPOC à sua maneira.

 

Receba notícias e atualizações para o ajudar a viver a vida com DPOC à sua maneira.

 

Fases da DPOC

Compreenda as fases da DPOC e as opções de tratamento para cada uma


Receba notícias e atualizações para o ajudar a viver a vida com DPOC à sua maneira.

 

Receba notícias e atualizações para o ajudar a viver a vida com DPOC à sua maneira.

 

Receba notícias e atualizações para o ajudar a viver a vida com DPOC à sua maneira.

 

Receba notícias e atualizações para o ajudar a viver a vida com DPOC à sua maneira.

 

Com a DPOC, respirar pode ser difícil.

Mas viver a vida não tem de ser.

Estima-se que a DPOC afete mais de 210 milhões de pessoas em todo o mundo1, sendo a quarta principal causa de morte, e está a tornar-se mais comum a cada dia que passa2. Porém, através da educação, da participação e da capacitação, podemos ajudar as pessoas afetadas pela doença a viver uma vida gratificante.

Perguntas mais frequentes

O que é a DPOC?

A DPOC é um termo que abrange um conjunto de doenças pulmonares progressivas que dificultam a respiração, incluindo bronquite crónica e enfisema¹. Uma das principais causas é a exposição prolongada ao fumo do tabaco, especialmente se o fumo for inalado. No entanto, o fumo passivo, a poluição atmosférica, os vapores químicos e as poeiras do ambiente ou do local de trabalho também podem provocar DPOC².

 

1. Web MD. What is chronic obstructive pulmonary disease (COPD)? 
http://www.webmd.com/lung/copd/tc/chronic-obstructive-pulmonary-disease-copd-overview
Acedido em 4 de agosto de 2015

2. Web MD. 10 FAQs About Living With COPDWhat is chronic obstructive pulmonary disease (COPD)? 
http://www.webmd.com/lung/copd/10-faqs-about-living-with-copd#2
Acedido a 5 de agosto de 2015

Quais são os sintomas da DPOC?

Uma tosse crónica, que dura várias semanas sem a presença de outra doença como, por exemplo, uma constipação ou gripe, é o primeiro sinal da DPOC. A tosse é geralmente pior de manhã cedo e pode ser agravada pelo exercício ou pelo tabaco. Outros sintomas típicos incluem falta de ar, pieira, aperto no peito e aumento da produção de muco (ou fleuma)1,2.

 

1. Healthline. Six signs of COPD. 
http://www.healthline.com/health-slideshow/copd-symptoms#9
Acedido a 24 de junho de 2015.

2. European Lung Foundation. Lung Factsheet: Living well with COPD.

 

www.european-lung-foundation.org 
Acedido a 19 de junho de 2015.

O que causa a DPOC?

Uma das principais causas da DPOC é a exposição prolongada a fumo de tabaco, especialmente se o fumo for inalado. Mas o fumo passivo, a poluição do ar, os vapores químicos ou as poeiras do local de trabalho também podem causar a doença1.

Estas partículas inaladas podem fazer com que as glândulas mucosas que revestem os brônquios produzam mais muco do que o normal. Além disso, a inflamação que desencadeiam faz com que as paredes dos brônquios fiquem mais espessas e inchem. Os fatores ambientais e a genética também podem desempenhar um papel no desenvolvimento da DPOC 1,2.

 

1. Web MD. 10 FAQs About Living With COPDWhat is chronic obstructive pulmonary disease (COPD)? 
http://www.webmd.com/lung/copd/10-faqs-about-living-with-copd#2
Acedido a 5 de agosto de 2015

2. medicinenet.com. Chronic Bronchitis 
http://www.medicinenet.com/chronic_bronchitis/page3.htm

 

Acedido a 5 de agosto de 2015.

Como é tratada a DPOC?

Apesar de não haver cura para a DPOC, existem muitos tratamentos eficazes disponíveis que ajudam a gerir os sintomas e a abrandar a evolução da DPOC, para que possa viver uma vida ativa1.

 

1. Healthline. COPD and You: Managing Your Symptoms.
http://www.healthline.com/health/copd/and-you-symptom-management#1

 

Acedido a 10 de julho de 2015.

Como irá evoluir a minha doença?

A DPOC tem quatro fases, cada uma com diferentes sintomas de gravidade crescente. No entanto, através da monitorização dos sintomas e da sua gestão eficaz, é possível abrandar a velocidade de evolução da doença e desfrutar de uma vida mais ativa1,2.

 

1. Healthline. COPD and You: Managing Your Symptoms.
http://www.healthline.com/health/copd/and-you-symptom-management#1

 

Acedido a 10 de julho de 2015.

 

2. Healthline. COPD: Symptoms and Stages.
http://www.healthline.com/health/copd/stages#Overview1

 

Acesso a 6 de junho de 2015.

O que é a reabilitação pulmonar?

Combinando um programa de exercício, de educação e de apoio, a reabilitação pulmonar pode ajudar a que viva com maior conforto com a DPOC, aumentando a sua capacidade de exercício e melhorando a sua mobilidade. Irá aprender sobre técnicas de respiração, relaxamento e exercícios eficazes, o uso de medicamentos e oxigénio, uma boa nutrição e sugestões para viajar, bem como saber como evitar ataques e manter-se saudável. A reabilitação pulmonar também oferece uma oportunidade de conhecer outras pessoas com DPOC para trocar experiências, proporcionar encorajamento mútuo e aumentar a determinação para melhorar os seus níveis de fitness e combater a doença1.

 

1. American Association of Cardiovascular and Pulmonary Rehabilitation (AACVPR). Pulmonary Rehabilitation.
http://www.copdfoundation.org/Portals/0/Files/pdfs/AACVPR-FactSheet.pdf
Acedido a 6 de junho de 2015.

A DPOC é hereditária?

A genética pode desempenhar um papel no desenvolvimento da DPOC, mesmo que nunca tenha fumado ou sido exposto a poluentes durante um longo período de tempo. Em particular, o enfisema pode ser desencadeado por uma deficiência na alfa-1 antitripsina (AAT), que é uma proteína que protege os pulmões contra os efeitos nocivos dos glóbulos brancos nos pulmões. No entanto, nem todas as pessoas com DPOC que nunca fumaram têm uma deficiência na AAT, pelo que se acredita existirem outros desencadeadores genéticos para a DPOC1.

 

1. COPD Foundation:
http://www.copdfoundation.org/What-is-

 

COPD/Understanding-COPD/What-is-

 

COPD.aspx#sthash.PjPozNK3.dpuf
Acedido a 23 de junho de 2015.

Existem medidas que posso tomar para gerir a DPOC?

Existem várias coisas que pode fazer que o ajudarão bastante a gerir a DPOC1,2.

  • Deixar de fumar
  • Fazer exercício regular
  • Comer bem e manter um peso saudável
  • Praticar técnicas de respiração e de relaxamento
  • Aprender a tossir eficazmente
  • Reconhecer e evitar os fatores que desencadeiam ataques
  • Ter um plano de ação para ataques
  • Tomar a medicação tal como receitada
  • Consultar o seu médico regularmente, mesmo que se sinta bem, e especialmente se tiver qualquer preocupação
  • Saber se é elegível para reabilitação pulmonar
Professional icon
É um profissional de saúde respiratória?

Referências

 

1 COPD Foundation, COPD Uncovered Report. 2011. Obtido de: https://www.copdfoundation.org/pdfs/copd-uncovered-report-2011.pdf

2 Lozano R, Naghavi M, Foreman K, et al. Global and regional mortality from 235 causes of death for 20 age groups in 1990 and 2010: a systematic analysis for the Global Burden of Disease Study 2010. Lancet 2012; 380(9859): 2095-128.

3 Livestrong.com. What Are the Benefits of Nebulizers? http://www.livestrong.com/article/557219-what-are-the-benefits-of-nebulizers/ Acedido a 4 de agosto de 2015.