1
Produtos

Início ›› Gengivite e doenças coronárias
Início ›› Gengivite e doenças coronárias

A conexão entre gengivite e doenças coronárias


Leitura de 6 minutos

 

Você sabia que há possivelmente uma conexão direta entre a saúde dos dentes e da gengiva, e a saúde de seu coração? Pesquisadores estão investigando a possível relação causal entre saúde oral e saúde em geral. Embora a pesquisa ainda esteja no início, é importante compreender as ligações e os impactos em potencial para seu bem-estar físico.

 

Embora sua boca e seu coração não pareçam estar conectados, há muitas evidências que sugerem que estão. Na verdade, quem tem uma boa higiene oral tem muito mais chance de ostentar um coração e um sistema cardiovascular mais saudáveis do que aqueles que negligenciam os dentes e a gengiva. *,** 

 

É claro que indivíduos com rotinas diligentes de cuidado oral tendem a ter estilos de vida mais saudáveis em geral, mas ainda assim existem diversas maneiras que indicam a ligação direta entre doenças na boca, como gengivite, e doenças coronárias.

Como a gengivite leva à doenças coronárias

 

Há evidências claras de que sua boca é uma janela para seu coração e até para o resto de seu corpo:

 

Em primeiro lugar, cada vez mais pesquisas afirmam que pessoas com rotinas de higiene oral inadequadas têm muito mais chance de estarem negligenciando também outras áreas de cuidado próprio, como alimentação e exercício. Problemas como gengivas inchadas, gengivite e estágios iniciais de cáries são indicações importantes da condição do resto do corpo (como o coração). 

 

Em segundo lugar, bactérias que se acumulam nas partes negligenciadas da boca, causadoras de placa bacteriana e gengivite, não se restringem apenas a esse local.

 

Quando as bactérias têm espaço para crescer e habitar sua boca por muito tempo, elas podem entrar na corrente sanguínea e encontrar um caminho para o coração, o estômago e até mesmo para os dedos do pé (conforme demonstram os estudos).***

Cada vez mais pesquisas afirmam que pessoas com rotinas inadequadas de higiene oral têm significativamente mais chance de estarem negligenciando outras áreas de cuidado próprio, como alimentação e exercício.

Não ignore dor na região da boca

 

Idealmente, você já tem o hábito de consultar um dentista a cada seis meses. Sim ou não? 

 

Estatisticamente, mais de um em cada três adultos consultam dentistas menos que uma vez por ano. Ainda assim, seja qual for a categoria em que você está, é importante prestar atenção na sua boca.

 

Independentemente da sua rotina de higiene dental, sensibilidade e dor na área da boca são indicadores-chave de que você deve considerar marcar logo uma consulta com seu dentista. Lembre-se: problemas com a saúde oral podem levar a problemas com a saúde em geral.

Uma boa higiene oral pode prevenir doenças coronárias?

 

As respostas mais completas e mais resumidas para essa pergunta são iguais: mal, não faz. Na realidade, há muitas causas para doenças coronárias. Seria irresponsável dizer que melhorar e manter sua higiene oral vai evitar o desenvolvimento de doenças relacionadas ao coração. Contudo, há um volume crescente de estudos científicos dando suporte à ideia de que uma boca saudável contribui para sua saúde e bem-estar em geral.****

 

É importante se lembrar de duas coisas:

 

  1. tudo está conectado 
  2. tudo começa na sua boca

 

Cuide bem da sua boca, e sua boca cuidará bem de você.

Melhores práticas para evitar gengivite

 

Como você provavelmente sabe (e deve ter cansado de ouvir), escovar os dentes por dois minutos, duas vezes por dia, constitui uma rotina ideal de cuidado oral e evita doenças na gengiva. No entanto, você não deve estar ciente de que escovar os dentes por mais de dois minutos (três a cinco minutos de escovação por sessão), mais de duas vezes por dia (por exemplo, após cada refeição), durante duas semanas, pode até mesmo reverter o acúmulo de placa bacteriana e a gengivite. Usar fio dental, enxaguantes bucais e comer refeições com baixo teor de açúcar e amidos, no dia a dia, também pode ajudar. 

 

Você odeia passar fio dental?

 

Em caso afirmativo, considere utilizar a Sonicare AirFloss para limpeza interdental. A ação tripla do spray da AirFloss foi clinicamente provada. Ela limpa os espaços entre os dentes de forma tão eficiente quando o fio dental, sem a sujeira.  

 

Além disso, se você está notando o acúmulo de placa bacteriana ou gengivite na linha da gengiva, passar a utilizar uma escova de dentes elétrica é uma excelente forma de melhorar rapidamente sua saúde oral. 

Do que você precisa

HX8332/11

Artigos recomendados

* Dietrich T, Garcia RI. Associations between periodontal disease and systemic disease: Evaluating the strength of the evidence. J. Periodontol 2005;76:2175-2184

** Barnett ML. The oral-systemic disease connection. An update for the practicing dentist. J AM Dent Assoc 2006: 137 (suppl): 5S-6S

*** Han YW, Wang X. Mobile microbiome: Oral bacteria in extra-oral infections and inflammation. J Dent Res 2013; 92: 485-49

**** Aleksejuniene J, Holst D, Eriksen HM, Gjermo P. Psychosocial stress, lifestyle, and periodontal health. J Clin Periodontol 2002; 29: 326-335.