1
Produtos

bsbb memory loss

Conexão da apneia do sono com a perda de memória

 

Não é segredo que o sono de uma boa noite recarrega as suas baterias físicas e mentais. Mas acredita-se que o tempo na terra dos sonhos também é vital para a saúde do seu cérebro e sua capacidade de aprender e lembrar.

 

Quando você está dormindo, seu cérebro está trabalhando duro, processando as informações do dia e criando as memórias. Mas os cérebros privados de sono são menos capazes de processar e armazenar informações.

 

E, embora a privação do sono causada pela apneia do sono possa trazer outros problemas graves de saúde, incluindo hipertensão, obesidade e diabetes, um novo estudo relaciona a apneia do sono com a doença de Alzheimer, quer como um fator no desenvolvimento do mal de Alzheimer, quer como resultado das fases iniciais da doença.

 

O estudo, apresentado na Conferência Internacional de 2013 da American Thoracic Society, analisou a respiração desordenada do sono, ou a respiração que para e começa várias vezes durante a noite, como é o caso da apneia do sono, e os fatores de risco para a doença de Alzheimer.

 

E, embora os pesquisadores não tenham certeza se a apneia do sono é um resultado ou um sintoma da doença de Alzheimer, eles têm certeza de que é um fator importante.

 

É mais provável que idosos que são magros (têm um índice de massa corporal inferior a 25) e apresentam apneia do sono, tenham "biomarcadores"– sinais biológicos – de uma maior probabilidade de desenvolver Alzheimer. Esses sinais indicam lesão cerebral e diminuição do uso de glicose pelo cérebro, disse o autor principal do estudo Dr. Ricardo Osorio, professor assistente de pesquisa da Faculdade de Medicina da Universidade de Nova Iorque.

 

“É apenas uma correlação. Não sabemos se essas pessoas vão desenvolver a doença de Alzheimer no futuro, e não sabemos o risco que correm", disse Osorio. "No futuro, poderemos prever o risco." Mas, ele observou, pode haver realmente uma ligação entre o sono, o envelhecimento e a memória, que declina drasticamente nos pacientes de Alzheimer.

 

"É claro que o sono é importante para a memória e o sono muda à medida que você envelhece", disse ele. "A respiração interrompida durante o sono também aumenta com o envelhecimento."

 

Ironicamente, mesmo no caso de sobrepeso ou obesidade aumenta o risco de apneia do sono, os participantes obesos do estudo com problemas respiratórios não pareciam ter risco adicional de desenvolver Alzheimer.

 

Os sintomas da apneia do sono, de acordo com a Clínica Mayo, incluem:

  • Sonolência diurna excessiva (hipersonia)
  • Ronco alto
  • Episódios de interrupção da respiração durante o sono, observados por outra pessoa
  • Acordar abruptamente sem fôlego
  • Acordar com boca seca, dor de garganta ou dor de cabeça pela manhã
  • Dificuldade para dormir (insônia)
  • Dificuldade de concentração

 

Se você observar qualquer um desses sintomas, fale com o seu médico sobre o risco de apneia do sono e, se necessário, faça o teste. Você pode dormir melhor e salvar sua memória também.

Você acha que pode ter apneia do sono?

Isenção de responsabilidade

 

Estas informações não se destinam a substituir o aconselhamento de um médico treinado e são fornecidas a você apenas com base em informações gerais e não como uma substituição ao aconselhamento médico personalizado. A Philips se isenta de qualquer responsabilidade pelas decisões tomadas com base nessas informações.