Radiografia

Eleva

Interface de usuário para sistemas de raios X

 

Projetada para criar, processar e transferir exposições digitais de raios X, a Eleva oferece um controle automático de ajustes de parâmetros do exame e relacionados ao paciente dos nossos sistemas de radiografia e fluoroscopia.

Características

 

A interface de usuário Eleva pode se adaptar à sua maneira de trabalhar, proporcionando um atendimento conveniente e eficiente ao paciente. Com a personalização e automatização do processo de geração de imagens, você pode otimizar os exames para praticamente todos os tipos de pacientes — de recém-nascidos a adultos obesos. Aprimore seu processamento em departamentos variados.

Contribui para fluxos de trabalho totalmente automatizados
A Eleva pode se adaptar à sua maneira de trabalhar, proporcionando um atendimento conveniente e eficiente ao paciente. Com a personalização e automatização do processo de geração de imagens, você pode otimizar os exames para praticamente todos os tipos de pacientes — de recém-nascidos a adultos obesos. Aprimore seu processamento em departamentos variados.
Simplifica o controle de exposição
Toda a funcionalidade do gerador está totalmente integrada à estação de trabalho da Eleva, economizando tempo e espaço. Você pode adaptar facilmente os parâmetros de exposição escolhendo dentre as configurações pré-programadas e aplicando-as diretamente da estação de trabalho da Eleva para aumentar a eficiência do fluxo de trabalho.
Um conceito, várias modalidades
A interface Eleva é um recurso comum do nosso portfólio de radiografias. Você decide quando, onde e como deseja trabalhar, seja em um sistema CR, DR ou RF. Aproveite as vantagens do agrupamento flexível de diferentes modalidades de raios X. Você pode até mesmo iniciar vários exames de modalidades diferentes ao mesmo tempo.
Operação fácil e intuitiva

Usando a tela sensível ao toque da estação de trabalho da Eleva, você só precisa de 3 etapas fáceis para obter uma imagem após a exposição.

Etapa 1: selecione o paciente
Etapa 2: efetue o exame
Etapa 3: conclua o exame

Todas as imagens e informações são integradas às redes do seu hospital, como RIS/PACS, e aos sistemas de arquivamento por meio do DICOM. A interface de uso intuitivo reduz a duração do treinamento.

Integra-se com as mais recentes tecnologias
Em cada versão da Eleva, fornecemos integração com nossas tecnologias mais recentes, como o SkyFlow Plus (aprimoramento de contraste para exames de tórax sem grade), detectores portáteis sem fio SkyPlate, geometria suspensa no teto (opcional, totalmente motorizada), sistema operacional Windows 10 e armazenamento DICOM-DVD. Cada atualização permite que você amplie seus recursos.
Trabalhe de maneira rápida e intuitiva

A interface de usuário da Eleva conta com todas as ferramentas e todos os controles necessários para procedimentos sem obstáculos. Trata-se de uma plataforma fácil de compreender e de utilizar e ideal para otimizar o seu departamento de radiografia. É a mesma interface de usuário harmonizada que utilizamos em todo o nosso portfólio de radiografia.

• Configurações de exposição e fluoroscopia para regular os níveis de dose de raios X

• Parâmetros para pré e pós-processamento de imagens

• Configurações de geometria

• Limitação do feixe

Índice alvo e índice de desvio

A norma IEC 62494-1 “índice de exposição dos sistemas de criação de imagens de raio X digital”, que fornece um método unificado para gerar um valor de índice de exposição, exige que os usuários insiram um índice de exposição alvo (EI_T). Assim, é possível especificar o nível de ruído diagnóstico apropriado para um exame e indicar um valor do índice de desvio (DI) que forneça feedback ao usuário sobre a técnica e a qualidade da imagem com base na relação sinal/ruído. Esses são valores importantes no fornecimento de feedback em relação à obtenção de imagens ideais em doses baixas; o EI e o DI não indicam diretamente a dose do paciente.
 

"Valor esperado do índice de exposição ao se expor o receptor de imagem corretamente"*

"Pode depender do tipo de detector, do tipo de exame e da pergunta do diagnóstico..."*

* Fonte: IEC 62492-1 (Comissão Eletrotécnica Internacional)

Bone Suppression da Philips

O software Bone Suppression da Philips** ajuda a remover estruturas ósseas das imagens do tórax para uma visualização mais clara dos tecidos moles. Consequentemente, pode contribuir para uma interpretação mais precisa da imagem. Como parte da plataforma Eleva da Philips, o Bone Suppression é integrado ao fluxo de trabalho regular do sistema.

** ClearRead Bone Suppression da Riverain Technologies

Cabeça de Tubo da Eleva

 

Nosso DigitalDiagnost C90 é o primeiro sistema da Philips a incluir a inovadora Cabeça de Tubo da Eleva, com interface sensível ao toque cujo uso é fácil de aprender, para um fluxo de trabalho mais rápido. Verifique ou altere os parâmetros mais vitais do exame diretamente na cabeça do tubo. Selecione a próxima visualização do exame na sala de exame e veja a pré-visualização da imagem diretamente na cabeça do tubo.

Fluxo de trabalho mais rápido e colimação simplificada

Fluxo de trabalho mais rápido e colimação simplificada

O DigitalDiagnost C90 conta com uma tela sensível ao toque e uma câmera ao vivo na Cabeça de Tubo da Eleva para o controle ampliado da Eleva, diretamente na sala de exames. A câmera ao vivo ajuda no posicionamento do paciente, fornecendo uma visão clara da área de colimação, o que pode ajudar a diminuir imprecisões na colimação, como em pacientes obesos. Um posicionamento melhor também pode ajudar a eliminar repetições demoradas que acrescentam doses de raios X desnecessárias.

 

O uso da Cabeça de Tubo da Eleva pode acelerar o fluxo de trabalho em 28 segundos por exame.*

Pacote de câmera ao vivo

Pacote de câmera ao vivo

Já que 67,5%** das repetições de radiografia ocorrem devido a um posicionamento errado do paciente, esse problema é abordado pela Câmera ao Vivo da Cabeça de Tubo da Eleva.

 

A Câmera ao Vivo permite que o usuário verifique o posicionamento correto antes da aquisição de imagem também no console de trabalho, por meio das imagens da câmera ao vivo.

94% dos usuários acham que as imagens da câmera ao vivo na estação de trabalho ajudam a evitar repetições.*

Tempo de resposta mais rápido

Tempo de resposta mais rápido

  • As imagens ao vivo da anatomia colimada ajudam a equipe no posicionamento inicial do paciente
  • Detecte mais cedo um movimento do paciente e uma colimação incorreta com a visualização da área colimada na Cabeça de Tubo da Eleva e na estação de trabalho da Eleva.
  • Verifique novamente todos os parâmetros relevantes do sistema, imagens e a ordem das visualizações tanto na cabeça do tubo quanto na estação de trabalho da Eleva.

75% dos usuários consideram que a Cabeça de Tubo da Eleva é útil e lhes permite passar mais tempo com o paciente.*

* Validado por médicos em um ambiente de desenvolvimento da Philips.
**Little, K.J. et al. (2016) Unified Database for Rejected Image Analysis Across Multiple Vendors in Radiography. Journal of the American College of Radiology, 14(2);208-216.