Informática Clínica

Aplicações de Inteligência Artificial na indústria médica para melhorar a eficiência

Saiba mais sobre nossas soluções informáticas para a área da saúde

Saiba mais sobre nossas soluções informáticas para a área da saúde

Quatro aplicações de IA para cuidados de saúde

 

Os cuidados de saúde ficaram, atualmente, mais complexos. O aumento dos custos1, o déficit mundial de profissionais na área da saúde2 e a ineficiência operacional reforçam a necessidade de atender à demanda de um cuidado eficiente e de alta qualidade, urgentemente.

 

Para os líderes de tecnologia da informação (TI) que se dedicam aos cuidados de saúde, o objetivo da eficiência operacional surge juntamente com a pressão de um maior aproveitamento dos grandes volumes de dados que são coletados em toda a empresa.

 

Déficit de conhecimento de dados de saúde

 

Embora a IA exista há décadas, a maior parte das organizações de saúde ainda está numa fase inicial frente ao que ela representará no futuro.

 

A IA está ganhando força na área dos cuidados de saúde devido à sua capacidade de gerar conhecimento com base em grandes quantidades de dados, o que representa uma ajuda da maior importância para os profissionais sobrecarregados de trabalho.

A quantidade e a granularidade dos dados médicos e de cuidados de saúde armazenados que um diretor de informática (CIO) supervisiona tem aumentado de maneira exponencial, mas apenas uma parte desses dados é usada para melhorar a eficiência e a qualidade dos cuidados.

 

Esse enorme crescimento em termos de volume e diversidade é uma preocupação para os líderes de TI especializados em saúde, já que a velocidade com que os dados se acumulam atualmente excede em muito a capacidade de analisá-los.

“Os provedores de cuidados de saúde possuem uma quantidade incrível de informações, mas pouco conhecimento”, diz o Dr. Roy Smythe, diretor de informática médica da Philips Healthcare. “E o que os médicos realmente querem é conhecimento, que lhes indique o que precisam efetivamente saber. Por exemplo, dos 2000 diabéticos da sua população de pacientes, quais são os 10 que devem receber uma intervenção diferente? São conhecimentos necessários.”

 

Aplicações de IA para cuidados de saúde

 

O potencial da IA para melhorar o sistema de saúde é ilimitado. Ela oferece uma oportunidade única para que os dados clínicos façam sentido e permite que a saúde em geral seja mais preditiva e precisa.

 

Entender bem todos os aspectos das soluções com IA exige uma ampla colaboração entre médicos, cientistas de dados, especialistas em interação, entre outros. Aqui apresentamos quatro aplicações de inteligência artificial para transformar os cuidados de saúde:

 

1. Melhorar o desempenho e a eficiência operacionais

 

Nos âmbitos departamental e empresarial, a capacidade da IA de examinar grandes quantidades de dados ajudará o setor administrativo do hospital a otimizar o desempenho, promover a produtividade e melhorar a utilização dos recursos existentes, economizando tempo e recursos. Por exemplo, em um departamento de radiologia, a IA poderia fazer a diferença na gestão de referências, no agendamento de consultas dos pacientes e na preparação para os exames. As melhorias podem ajudar a otimizar a experiência do paciente e permitir uma utilização mais eficiente das instalações nos lugares onde os exames são realizados.

 

2. Servir de apoio para as decisões clínicas

 

As soluções com IA ajudam a combinar grandes quantidades de dados clínicos, de modo a se gerar uma visão mais integral dos pacientes. Isso ajuda os prestadores de cuidados de saúde a tomar decisões, alcançando melhores resultados para os pacientes e oferecendo uma melhor saúde para a população. “A necessidade de conhecimento e de que esse conhecimento gere um apoio para as operações clínicas é enorme”, afirmou Dr. Smythe. “Tanto a precisão das intervenções quanto a utilização efetiva dos recursos humanos são questões que os médicos estão enfrentando. Isso é essencial”.

 

3. Permitir a gestão da saúde da população  

 

A gestão da saúde da população também pode se beneficiar da IA, por meio da combinação de sistemas de suporte na tomada de decisões clínicas com a autogestão dos pacientes. Por meio da análise preditiva com populações de pacientes, os prestadores de cuidados de saúde poderão tomar medidas preventivas, reduzir os riscos para a saúde e economizar custos desnecessários.

 

À medida que a população envelhece, vemos que as pessoas se preparam para isso, dentro do possível, e desejam melhorar não só o tratamento de doenças, mas também a sua qualidade de vida. A possibilidade de agregar, analisar e utilizar dados sobre a saúde de milhões de usuários permitirá que os hospitais vejam como os fatores socioeconômicos, comportamentais, genéticos e clínicos estão relacionados e como podem oferecer cuidados de saúde mais específicos e preventivos fora das quatro paredes do hospital.

 

4. Capacitar os usuários para melhorar o atendimento ao paciente

 

Em 2015, pacientes relataram que carregavam fisicamente radiografias, resultados de exames e outras informações de saúde importantes do consultório de um prestador de cuidados de saúde para outro3. Devido aos vários encaminhamentos a outros profissionais, os pacientes tinham que voltar a explicar seus sintomas a outros médicos e, assim, descobriam que seu histórico médico tinha deficiências, o que acontecia com muita frequência.

 

Atualmente, os pacientes exigem cuidados de saúde cada vez mais personalizados, sofisticados e convenientes. A grande motivação da IA nos cuidados de saúde é que, à medida que os pacientes se comprometem mais a cuidar da própria saúde e entendem melhor suas próprias necessidades, os cuidados de saúde terão que ir até eles e oferecer serviços médicos quando eles precisarem, não apenas quando estiverem doentes.

 

Compartilhe esta página com seus colegas  

1 US Centers for Medicare & Medicaid Services

2 WHO, ‘Global health workforce shortage to reach 12.9 million in coming decades’

3 HBR, ‘Giving Patients an Active Role in Their Health Care’

Homer Pien

Podcast # 98 Como a IA pode aumentar a produtividade das imagens médicas

com o executivo da Philips Homer Pien

Homerr Pien podcast
Ouça o podcast (em inglês)
O potencial da IA para melhorar a prestação de cuidados de saúde é ilimitado, possuindo uma ampla gama de aplicações e potencial na área da radiologia, em que um diagnóstico e um fluxo de trabalho melhores inevitavelmente mudarão o papel do radiologista. Junte-se ao apresentador Dennis de Costa e ouça-o falar do futuro da IA nos cuidados de saúde com Homer Pien, diretor de tecnologia de Imaging da Philips.

Em conformidade com  os principais  desafios da informática na área da saúde

Brain scan pinky point

Entre em contato conosco

Quais são seus maiores desafios na área da informática?

Seja a interoperabilidade na sua empresa ou para alcançar uma maior padronização dos cuidados, nos associamos a você para entender profundamente sua infraestrutura e operações, oferecendo soluções que o ajudem a transformar seu sistema de saúde.

 

Preencha o formulário abaixo para entrar em contato conosco.

 

¿Cuáles son sus mayores desafíos en informática?
¿Cuáles son sus mayores desafíos en informática?

Dados de contato

* Este campo é obrigatório
*

Detalhes do contato

*
*
*

Detalhes da Companhia

*
*
*
*
*

Detalhes da consulta

Ao especificar o seu motivo de contato, iremos fornecer-lhe um melhor serviço.
*
*