Centro de Notícias

O Future Health Index e a saúde digital

Future Health Index

Autora: Patricia Frossard

O Future Health Index é uma plataforma que ajuda a determinar o grau de preparação dos países para abordar os desafios gerais de saúde e desenvolver sistemas nacionais de saúde sustentáveis ​​e adequados ao seu propósito. Recentemente, lançamos o relatório brasileiro. Gostaria e gostaríamos de refletir sobreanalisar os principais argumentosassuntos do relatóriodocumento.

 

Sucesso por meio do investimento em saúde digital

O acesso aos prontuários digitais oferece vantagens significativas para provedoresprofissionais de saúde e pacientes. Para os provedoresespecialistas, o resultado é umo aumento da satisfação no trabalho combinado a uma redução do estresse. Para as pessoas, ter acesso aos seus próprios prontuários médicos resulta em desfechos melhores e maior controle sobre sua saúde.

 

Embora as empresas precisem investir em saúde digital para garantir o sucesso e melhorar os resultados dos pacientes, cada situação é diferente e requer a avaliação das necessidades internas. Nesse contexto, foi instaurada revisão interna do status da tecnologia e das necessidades contínuas para incluir o seguinte:

 

- Identificação da tecnologia que se ajusta ao tipo de aplicativo que está sendo desenvolvido. As empresas devem avaliar cuidadosamente a entrega de tecnologia no contexto do conteúdo específico fornecido. A abordagem de pacientes por meio de dispositivos móveis no decorrer de sua vida diária é um elemento essencial para o sucesso.

 

- Ter uma base sólida em soluções baseadascom base em evidências. Os profissionais de saúde, geralmente, insistem que os aplicativos estejam baseados em resultados de pesquisas ou evidências.

 

- Desenvolvimento de aplicativos que permitem que os indivíduos se envolvam com amigos e familiares para obter apoio. A saúde e o bem-estar estão fundamentados no bem-estar emocional, e chegar a esse ponto é parte essencial da equação.

 

Considerando que aA grande maioria dos usuários afirma que os aplicativos de assistência médica melhoram suas vidas, pois a tecnologia tem um caminho claro para soluções que podem gerar resultados positivos em um amplo espectro de usuáriosdiversos pacientes. Apesar disso, mesmo em especialidades como a radiologia, um número comparativamente pequenobaixo índice de prestadores de serviços de saúde (39%) incorpora à sua prática tecnologias de atendimento conectadas.

 

Pacientes capacitados

A telessaúdeTelessaúde, definida como a prestação de atendimento de saúde remoto por meio de redes de telecomunicações, apresenta enorme potencial de proporcionar acesso aos registros de saúde com o uso de aplicativos móveis. As funções essenciais que podem ser abordadas estão no centro da capacitação do paciente e podem ser usadas sem qualquer transtorno ao, de acordo com o estilo de vida dos pacientes.

 

Os pontos focais para o uso de telessaúdeTelessaúde incluem:

- Monitoramento: os indivíduos podem acompanhar as frequências cardíacas e outras funções vitais por meio de seus telefones oucelulares e dispositivos vestíveismóveis.

 

- Lembretes: a adesão aos medicamentos e às consultas é uma etapa vital para a continuidade da saúde e da recuperação. Como muitas pessoas já estão usandoutilizam seus dispositivos móveis para aplicativos deacessar o calendário, os aplicativospor exemplo, as plataformas digitais podem ser perfeitamente integradosintegradas à sua rotina diária.

 

- Envolvimento do paciente: O fornecimento de conteúdo atualizado é uma forma convincente para que as pessoas entendam os benefícios do envolvimento digital. Blogs temáticos e informativos, bem como aconselhamento especializado em saúde e bem-estar, podem fazer com que os cuidados de saúde, que constituem dedesde uma simples tarefa, sejam transformados em um instrumento de tomada de decisões positivas em relação ao estilo de vida.

 

Histórias de sucesso nos países pesquisados no Future Health Index

Podemos aprender muito com os pioneiros dos países.  Com base em sua população rapidamente urbanizada, o acesso aàs plataformas sociais digitais como o WeChat e o aumento da incidência de transtornos relacionados ao "estilo de vida" entre sua população, a China está integrando essas necessidades para proporcionar melhor acesso dosaos pacientes. O prestador de serviços de valor agregado da Internet Tencent vem agremiando hospitais e instalações médicas para agilizar o processo de consultas médicas, além de proporcionar acesso individual a seus relatórios e prontuários médicos. Até 2017, mais de 38.000 instalações médicas foram inscritas em sua rede de agendamento on-lineonline.

 

AtravésPor meio do aplicativo de mídia social WeChat, as pessoas podem receber recompensas com base em suas contagens de passos registradas diariamente. Através do WeChat,O aplicativo possibilita também que a pessoa podepossa até pagar suas contas médicas. No esforço que possivelmente é o mais ambicioso de todos, o WeChat está tentando emitir cartões de identificação virtuais que substituirão os cartões de identificação chineses emitidos pelo estado com o objetivo final de contornarsubstituir a necessidade de usar cartões de identificação física em conjunto com o sistema de saúde.

 

Na Índia, o setor de saúde é avaliado em mais de US$ 80 bilhões e está crescendo a uma taxa anual de 17%. Assim como acontece na China, o aumento dos transtornos relacionados ao estilo de vida, como doenças cardiovasculares e diabetes, levou as empresas digitais de saúde a investirem em soluções potenciais. No período de três anos entre 2014 e 2017, aproximadamente US$ 600 milhões foram investidos em 200 empresas digitais de saúde. Farmácias on-lineonline e aplicativos de bem-estar estão entre as histórias de sucesso iniciais.

 

AsEssas empresas digitais de saúde no exterior estão agora analisandoavaliando a próxima onda de oportunidades na Índia, incluindo investimentos em terapias, telemedicina, diagnóstico e triagem.

 

Com a utilização do Future Health Index, que oferece insights sobre 15 países importantes em todo o mundo, a Philips ajuda a aumentar o fluxo de insights e inovações na saúde digital e a proporcionar liderança global com produtos e serviços que melhoram o atendimento ao paciente e a satisfação do prestador de serviços.

O setor da saúde está evoluindo rapidamente e, aao meu ver, a colaboração entre os principais interessados do setor é fundamental para impulsionar a digitalização do atendimento com sucesso.

Future Health Index

Compartilhe este artigo

Tópicos