A Philips, no Brasil e no mundo, está notificando as agências reguladoras das regiões e países nos quais os produtos afetados estão disponíveis.

 

Estamos fornecendo às agências informações necessárias relacionadas ao lançamento inicial e à implementação contínua da correção projetada.

 

A empresa ofertará o reembolso dos produtos BiPAP e CPAP, uma vez que ainda não há disponível o novo material de espuma de redução de som para a sua troca. Para os aparelhos de respiração, a Philips disponibilizará um filtro de barreira bacteriológico até que possa substituir a atual espuma de redução de som por um novo material que não é afetado por esse problema. A Philips já está em contato com a empresa global, onde é fabricado o material, para iniciar esse processo. Não há ainda data estimada para o recebimento da nova matéria-prima. Assim que a Philips receber essa previsão, atualizará a informação neste site.

 

No momento, a empresa está trabalhando para analisar todos os dispositivos afetados no âmbito deste recall, com a maior rapidez e eficiência possível.