No Dia Mundial do Coração, Philips enfatiza a importância de disponibilizar desfibriladores em espaços públicos na América Latina.

 

  • Philips lança campanha de sensibilização sobre a prevalência de paradas cardiorrespiratórias e comemora a venda de 1,5 milhão de desfibriladores HeartStart em todo o mundo.

  • Em parceria com a Federação Mundial do Coração, através da campanha “Power your Life”, a Philips estimula as pessoas a levarem um estilo de vida saudável, em benefício da saúde do coração.

27 de setembro, 2016

São Paulo, Brasil – Como líder na indústria de cuidados de saúde e uma empresa que se preocupa com o bem-estar da população em todo o mundo e no Brasil, a Royal Philips (NYSE: PHG, AEX: PHIA) enfatiza, no Dia Mundial do Coração, a importância de haver Desfibriladores Externos Automáticos (DEA) em espaços públicos para atendimentos em incidentes de morte súbita, como em paradas cardiorrespiratórias.

 

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, as doenças cardiovasculares são a principal causa de morte em todo o mundo. Estima-se que, em 2012, 17,5 milhões de pessoas morreram por essa causa, o que representa 31% de todas as mortes registradas no mundo. Dessas mortes, 6,7 milhões foram causadas por acidente vascular cerebral (AVC) e a morte súbita em decorrência de incidentes cardíacos. Essa última entendida como a morte natural, de forma inesperada e muito rápida antes de a vítima receber atendimento hospitalar e em pessoas que não apresentavam nenhum sintoma de doença cardíaca. Agir rapidamente com procedimentos de reanimação e utilizar um desfibrilador podem fazer a diferença entre a vida ou a morte de uma pessoa nessa situação. Através da campanha “Herói Comum”, a Philips está incentivando e educando as pessoas sobre o uso de desfibriladores, para que não hesitem em usá-los e não tenham medo em momentos de emergência.

 

“Somente disponibilizar o equipamento não é suficiente, também é fundamental educar as pessoas sobre a sua existência e facilidade de uso”, afirmou Renato Garcia, diretor geral da área de saúde da Philips no Brasil. “Como uma empresa comprometida com a melhoria da vida dos seres humanos, temos a responsabilidade de apoiar essa iniciativa para que as pessoas não hesitem em intervir e usá-los quando ocorrer esse tipo de emergência. Ao dar a confiança e o conhecimento necessários, bem como ao equipar os espaços com o DEA, criamos as condições para que muitas vidas sejam salvas”, ressaltou.

 

A instalação do DEA em espaços públicos é uma tendência que está aumentando em todo o mundo e na América Latina. No Uruguai e em Porto Rico, já foram sancionadas leis que exigem a instalação de desfibriladores em espaços públicos. Na Argentina, embora uma lei já tenha sido aprovada, ainda não foi regulamentada. No México, também já há disposições a esse respeito, que estabelecem o seu uso obrigatório no caso de ambulâncias e aviões; no entanto, até o momento, nenhuma lei foi sancionada. Na Colômbia, um projeto de lei está tramitando no Senado. No Panamá, um anteprojeto foi apresentado na Câmara dos Deputados e está aguardando para ser discutido. A Philips considera que esses esforços são valiosos e muito necessários para que haja espaços públicos seguros, especialmente aqueles com maior concentração de público.

 

A Philips também anunciou que fechou uma parceira com a Federação Mundial do Coração, uma organização que luta para reduzir, até 2025, 25% das mortes prematuras em decorrência de doenças cardiovasculares em todo o mundo, através da campanha “Power your Life”, e também lançou o myheartisunique.com, um recurso educativo desenvolvido para prevenir doenças cardiovasculares através da adoção de uma vida saudável.

 

A Philips é líder em cuidados cardíacos e, em 1996, lançou o seu primeiro desfibrilador, o Heartstreem, marcando uma tendência na indústria com inovações únicas, como os seus equipamentos pediátricos e o componente Life Guidance, que orienta o usuário com instruções de voz durante uma emergência. Hoje em dia, com o nome de HeartStart, os DEA Philips são projetados para serem usados em qualquer local e estão instalados em vários lugares, incluindo aeroportos, aviões, estádios e empresas.

Para outras informações, favor entrar em contato com:

 

Nome: Sammy Schlesinger

Setor / departamento: Marketing & Comunicação

Telefone: (11) 97551-3675

E-mail: Sammy.Schlesinger@philips.com

Relações com Imprensa Philips do Brasil (agência externa)

 

FleishmanHillard Brasil

Henrique Carvalho | henrique.carvalho@fleishman.com.br | 11 3185-9959

Luciana Silva | luciana.silva@fleishman.com.br | 11 3185-9936

Flávia Bonfá | flavia.bonfa@fleishman.com.br | 11 3185-9914

Sobre a Royal Philips

A Royal Philips (NYSE: PHG, AEX: PHIA) é uma empresa líder em tecnologia da saúde cujo objetivo é melhorar a saúde das pessoas e permitir melhores resultados através da manutenção da saúde por meio de uma vida saudável e da prevenção de doenças, englobando também o diagnóstico, tratamento e cuidados em casa. A Philips utiliza-se de sua tecnologia avançada e dos profundos conhecimentos clínicos, além das perspectivas dos consumidores, para oferecer soluções completas. A empresa, sediada na Holanda, é líder em diagnóstico por imagem, terapia guiada por imagem, acompanhamento do paciente e informática de saúde, bem como na saúde do consumidor e nos cuidados em casa.  Em 2015, o portfólio de tecnologia de saúde da Philips teve um faturamento de 16,8 bilhões de euros, e emprega aproximadamente 69 mil colaboradores, com vendas e serviços em mais de 100 países. Para obter mais notícias sobre a Philips, visite: www.philips.com/newscenter.