Philips acelera inovação em produtos verdes e receita chega perto da metade do total de vendas

Fevereiro 27, 2013

• A venda de produtos verdes1 sofreu aumento de 45% sobre as vendas totais (EUR 11,3 bilhões) em 2012. No Brasil, a venda de produtos verdes atingiu 39% do total de produtos vendidos. Em 2011, o percentual foi 23%.

• 569 milhões de euros investidos em inovação verde em 2012, impulsionado principalmente por investimentos em iluminação LED

• Meta de redução de carbono alcançada, com redução de 25% em emissões de CO2 em cinco anos

 

Amsterdam, Holanda – A Philips Royal Eletronics (NYSE:PHG, AEX:PHIA) reportou EUR 11,3 bilhões em vendas de produtos verdes no ano de 2012, atingindo 45% do total de vendas da companhia e deixando a empresa mais perto de suas metas de sustentabilidade EcoVision de 2015. Saúde foi a área que teve maior crescimento em seu portfólio de produtos verdes, com aumento de 36%, representado por 16 lançamentos que visam melhorar os resultados dos pacientes e ampliar o acesso aos cuidados, reduzindo o impacto ambiental.

 

Essa conquista reforça o enfoque contínuo da Philips na condução da sustentabilidade em toda a organização, que tem como objetivo melhorar a saúde e o bem-estar das pessoas por meio da inovação. “Nós estamos muito orgulhosos em anunciar que hoje a Philips melhora a vida2 de uma em cada quatro pessoas no mundo e nossa ambição é tocar a vida de três bilhões de pessoas por ano até 2025, como parte da visão estratégica da nossa empresa”, afirma Jim Andrew, Presidente do Conselho de Sustentabilidade e diretor da área de Estratégia e Inovação. “Nós também tivemos um enorme progresso no impacto ambiental de nossas operações e chegamos a redução de 25% na emissão de CO2 este ano, meta que estava programada para daqui 5 anos. Esta realização foi alcançada, principalmente, por meio de programas de economia de energia em nossas unidades operacionais, logística verde, redução de viagens e maior uso de energia renovável, que vamos continuar a implementar globalmente”.

 

Em 2012, a Philips investiu 569 milhões de euros em inovação verde e tem como meta investir 2 bilhões de euros até 2015. A área de iluminação liderou a iniciativa, investindo mais de 325 milhões de euros em inovação para promover a revolução LED, que tem como objetivo reduzir substancialmente as emissões de dióxido de carbono ao substituir as iluminações não eficientes.

 

Na área de Consumo e Estilo de Vida, a Philips implantou o compromisso voluntário para eliminar progressivamente o PVC (cloreto de polivinila) e retardadores de chama bromados (BFR) de nossos produtos e, pela primeira vez, todas as nossas máquinas de café expresso lançadas durante o ano estão livres destas substâncias. No Brasil, em 2012, seis novos produtos foram inseridos no portfólio.

 

Investimentos em saúde apoiam o interesse crescente que vemos ao redor do mundo para os hospitais verdes e para a redução do impacto ambiental em cuidados com a saúde. Este compromisso foi reconhecido por COCIR2 na escolha da Philips Imagem por Ressonância Magnética (RM) como a pioneira na indústria em desenvolver um aparelho de ressonância com consumo 22% menor de energia do que a média. Atualmente, três produtos com certificação verde são vendidos no País.

 

O relatório de sustentabilidade da Philips é parte do relatório anual de 2012, disponível em: www.annualreport2012.philips.com

 

 

 


1Produtos verdes são aqueles que atendem ao conceito de EcoDesign, criado pela Philips para o desenvolvimento sustentável de seus produtos. 6 focos principais guiam a criação desses produtos: peso, uso de substâncias nocivas, consumo de energia, reciclagem e descarte final, embalagem e vida útil.

2De acordo com COCIR (Comissão de Coordenação Europeia da Radiologia, electromedicina e Healthcare IT Industry), a Philips MRI tem consumo médio de energia em 'off' e modo 'ready-to-scan' é considerado 22% mais baixo do que a média de consumo do mercado frota para 2011.

Informações adicionais:

Sobre EcoVision
O programa EcoVision da Philips é composto por indicadores-chave de desempenho nas áreas de vendas, inovação, qualidade de vida, operações, engajamento de funcionários e de sustentabilidade do fornecedor. Algumas metas importantes para 2015 são:

 

Melhorar a vida das pessoas
- Meta: 2 milhões de vidas por ano até 2015 (3 milhões de vidas por ano até 2025)
Eficiência energética dos produtos Philips
- Destino: melhoria de 50% em 2015 (para o portfólio de produtos de média total) em relação a 2009
Fechando o ciclo de material
- Destino: dobrar o volume de coleta e reciclagem global e a utilização de materiais reciclados na confecção de nossos produtos até 2015, se comparado a 2009.

.

Informações para imprensa

In Press - Relações com a imprensa
Fernanda Daprá / (11) 3330-3809 / fernanda.dapra@inpresspni.com.br
Bruno Ribeiro / (11) 3323-1531 / bruno.ribeiro@inpresspni.com.br 
Camila Francis / (11) 3323-1533 / camila.francis@inpresspni.com.br

 

Philips - Relações com a Imprensa
Renata Marucci / (11) 96475-5004 / renata.marucci.santos@philips.com

.

Sobre a Royal Philips Electronics

A Royal Philips Electronics (NYSE: PHG, AEX: PHI) é uma empresa diversificada de saúde e bem-estar, com foco em melhorar a vida das pessoas por meio de inovações oportunas nas áreas de Healthcare, Consumer Lifestyle e Lighting.  Com sede na Holanda, a Philips computou em 2012 um volume de venda de 24.8 bilhões de euros e emprega aproximadamente 118.000 mil funcionários, com vendas e serviços em mais de 100 países. A empresa é líder em soluções para cuidados cardíacos, cuidados com a saúde em casa, soluções eficientes em iluminação e novas aplicações de iluminação, bem como em produtos de consumo e estilo de vida para o bem-estar pessoal, com forte posicionamento em barbeadores elétricos, entretenimento portátil e saúde bucal. Mais informações sobre a Philips podem ser encontradas no site www.philips.com/newscenter.

.